Limpeza de carpete Limpeza de carpete

Confira 7 cuidados fundamentais na limpeza de carpete

6 minutos para ler

Os carpetes consistem em itens que compõem a decoração dos mais diversos espaços, proporcionam conforto para os moradores e são capazes de deixar qualquer local mais bonito. Sendo assim, a limpeza de carpete precisa ser realizada continuamente pois um carpete sujo pode fazer você perder todas as vantagens que ele oferece, afetando a sua funcionalidade, a beleza do cômodo e a saúde das pessoas que utilizam o espaço.

Nesse sentido, é válido destacar que este tipo de tapete acumula pelos, cabelo, poeira, farelo de comida e tudo isso favorece a inserção e proliferação de ácaros, fungos e outros tipos de microrganismos que podem favorecer problemas aos moradores, como algumas doenças que afetam o sistema respiratório, por exemplo.

Desse modo, continue a leitura e confira 7 cuidados fundamentais para a limpeza de carpete!

1. Utilize equipamentos apropriados

É fundamental saber quais os equipamentos que devem ser usados para a limpeza de carpete pois, caso não sejam adequados, eles podem acabar danificando ao invés de higienizá-lo. Dessa forma, evite usar vassouras que, além de espalharem a poeira e não conseguirem removê-la, as suas fibras podem estragar o carpete. Para isto, a melhor opção é o aspirador que retira a sujeira sem causar avarias desnecessárias e indesejáveis.

2. Escolha os produtos certos para a limpeza

Uma coisa que você deve saber é que utilizar panos encharcados de água para realizar sua higienização é completamente impróprio visto que a umidade propicia o surgimento de manchas de mofo e bolor e, ainda, pode causar um mau cheiro muito desagradável no ambiente.

Também é fundamental que você não use produtos como sabão e detergente, visto que eles são capazes de deixar resíduos no carpete. Eles são produtos difíceis de serem retirados e dão muito trabalho e, ainda, podem danificar as fibras do carpete. É preciso evitar igualmente o uso de alvejantes como cloro, álcool, água sanitária.

Caso você deseja remover odores e pelos de animais, faça uma solução com água e vinagre na proporção de dois por um e, em seguida, borrife por todo o carpete, sem exagerar na quantidade. Outra opção é a aplicação de bicarbonato de sódio. Para isso, basta espalhar uma pequena quantidade do produto em cima do carpete, esperar alguns minutos e, depois, retirar com o aspirador de pó.

Ainda tem as opções de removedores multiuso específicos para carpetes que você pode encontrar em locais que vendem produtos de limpeza.

3. Saiba a frequência correta de limpeza

Para saber qual a frequência adequada de limpeza do seu carpete você deve avaliar o local onde ele está inserido. Em ambientes de maior circulação é necessário aumentar a frequência da limpeza. Já os locais onde circulam menos pessoas, como os quartos, exigem uma frequência de higienização menor.

Caso você tenha animais em casa, também é recomendado limpar o carpete mais vezes para evitar o acúmulo de pelos. De modo geral, é indicado realizar pelo menos uma limpeza básica semanal em seu tapete. E a cada seis semanas você pode contratar uma empresa especializada no assunto para realizar uma higienização mais eficiente e satisfatória.

4. Tenha uma rotina de manutenção

Sempre que julgar necessário fazer uma higienização completa, prefira chamar uma empresa especializada. Não tente lavar o carpete porque, caso você faça isso sozinho, poderá deixá-lo com mau cheiro e com avarias que comprometerão sua vida útil. Dessa forma, deixe isso para quem entende do assunto e evite maiores problemas.

Essa limpeza no carpete é fundamental, e precisa ser feita pelo menos uma vez por ano pois aumenta sua durabilidade e aparência, elimina a sujeira mais pesada que fica inserida nas fibras e que não é possível ser eliminada com uma limpeza mais simples. E junto com a sujeira os ácaros, as bactérias e outros microrganismos são eliminados.

5. Preste atenção nas recomendações do fabricante

Cada tapete precisa de um cuidado especial visto que suas especificidades dependem de quem o fabrica e dos materiais que o compõe. Mas existem alguns cuidados que funcionam para todos os modelos, como: não deixar o carpete no sol para não desbotar e não deixar plantas em cima, pois a água pode escorrer e favorecer o surgimento e mofo no material do tapete.

6. Não escove o nem faça limpeza a vapor no carpete

É muito comum realizar esse tipo de procedimentos no tapete, mas não é recomendado pelos fabricantes. Pois, essa prática pode prejudicar o material e, assim, ele pode estragar mais rápido. Caso a limpeza a vapor não seja executada por uma empresa especializada, o carpete pode não secar completamente, o que ocasionará o surgimento de fungos e outros microrganismos.

7. Tome cuidado com os diferentes tipos de manchas

O tapete está sujeito a variados tipos de manchas. Nesse sentido, você precisa saber como remover cada uma delas para fazer uma remoção eficiente caso algo dessa natureza aconteça em seu carpete.

Saiba que quanto mais cedo você retirá-las, melhor será. Visto que as manchas secas são mais complicadas de serem removidas, e nem sempre saem totalmente. Então, agora, veja como retirar as 2 manchas mais comuns!

Mancha de café

Quanto mais cedo tentar retirá-la, mais sucesso você terá. Inicie a limpeza com um pano toalha ou um pano macio, limpo e bem absorvente. Coloque na região da mancha, depois elabore uma mistura de detergente com água oxigenada.

Mancha de gordura

Não é impossível retirar mancha de gordura no carpete, mas é necessário ter algumas estratégias para que o tapete não fique muito danificado. No primeiro momento, pressione um papel toalha em cima da mancha para conseguir retirar a maior quantidade de gordura, mas não esfregue o papel. Depois prepare uma misturinha com água e detergente e passe no local com uma esponja macia. Finalize com um pano seco para retirar toda umidade do carpete.

Para que ele não seja danificado, é essencial sempre ter todos os cuidados no momento de realizar a limpeza do carpete. Você pode, também, usar uma extratora/aspirador leve que é muito recomendada para limpeza de tapetes e estofados. Para usá-la basta colocar água com detergente na superfície e, logo depois, realizar a aspiração.

Portanto, busque sempre a melhor ação para a limpeza de carpete, visto que ele é de extrema importância para o seu conforto e bem-estar.

Gostou do post? Então, entre em contato conosco para saber mais a respeito do assunto!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário